Porque preciso ter um SAT?

Porque eu preciso ter um Sat no meu estabelecimento?

As vezes nos perguntam o por que é preciso ter um equipamento Sat na sua loja, restaurante e comercio, mas esta é uma resposta mais simples do que realmente parece.  Essa obrigatoriedade vem por conta da emissão de cupom fiscal, e da nota fiscal paulista, exigida pelo governo.

O estado de São Paulo é um dos únicos que aderiram a esse tipo de equipamento, com ele é preciso possuir uma impressora não fiscal com tecnologia que imprima o código QRCode, as lançadas de 2015 para cá já possuem, e internet no estabelecimento ligado a ele.

É pela internet que o equipamento se comunica com a SEFAZ e aprova ou reprova a emissão do cupom, é preciso estar atento porque em caso de não comunicação do equipamento com a SEFAZ, em 10 dias há o bloqueio do equipamento, impossibilitando qualquer emissão de cupom.

Mas porque eu preciso ter dois equipamentos mesmo tendo um caixa?

Por ser um equipamento com validade fiscal, e que tem a possibilidade de haver alguma falha seja eletrônica ou defeito de fábrica, é preciso fazer a substituição por um novo na hora, ou seja, seu segundo SAT é considerado como um BACKUP, que mesmo sem uso toda loja deve possuir.

O governo já tem isso como legislação vigente por tanto, caso você não tenha você, e tiver alguma fiscalização, poderá ser atuado.

Qual é a diferença entre Impressora Fiscal e o SAT?

Leia Mais

O que é uma Nota fiscal eletrônica?

Ter nota fiscal eletrônica é tão importante quanto emitir o cupom fiscal

A nota fiscal eletrônica, nada mais é do que o seu talão de notas “grande” automatizada, ela é conhecida de diversas maneiras, NF-e, Danfe, nota grande, entre outros tantos por aí. 

A principal diferença dela com a de talão (que atualmente a Secretaria da Fazenda proibiu a emissão de novos) é que ela é totalmente eletrônica, e para lhe auxiliar no envio você precisa de um software de automação, o Storeware está pronto para isso. O Software deve estar regulamentado e atualizado nas normas atuais, exigidas pela SEFAZ, a nota 4.0 é a que entra em vigor no início do próximo mês.

Você pode emitir para qualquer natureza de operação e qualquer destino, ou seja, para venda, devolução, remessa de conserto e troca, demonstração, exposição em feiras, e vários outras naturezas que precise de movimentação da mercadoria, seja para nome de uma pessoa jurídica ou para uma pessoa física.

O que você precisa se atentar na emissão da nota é que alguns campos são obrigatórios e precisam estar todos cadastrados da maneira correta, como por exemplo nome do cliente, com CNPJ e IE validos e regulares no posto fiscal, NCM, CST, CFOP, caso contrário não haverá validação da nota, e a SEFAZ poderá recusar a emissão da nota até a correção das informações.

O NCM é o código do governo para identificar a natureza e classificação fiscal das mercadorias, já a CST é o código da substituição tributária e o CFOP Código Fiscal de Operações e de Prestações das Entradas de Mercadorias e Bens. Essas informações são melhor informadas pelo seu contador, ele conhece sua empresa bem para saber quais são os códigos para serem utilizados.

Importante também que toda empresa que contribui com ICMS, ou seja possui IE deve se emitir nota fiscal eletrônica, para pessoa jurídica em caso de movimentação de mercadorias, caso um equipamento seu quebre e precise de troca ou conserto, você é obrigado pela legislação emitir uma nota de conserto, e a empresa por si que prestar troca/conserto te devolver uma nota fiscal eletrônica também com a devolução do conserto.

O QUE EU PRECISO PARA FIDELIZAR MEUS CLIENTES?

O que eu preciso para fidelizar meus clientes? Talvez essa seja a frase que mais nos perguntamos hoje em dia!

Conhecer bem o cliente, significa que você sabe hábitos, medos e valores. Entenda o que o seu produto pode ajudar a resolver a “dor” dele e qual valor isso trará para ele. Aliás uma comunicação clara e um atendimento que lhe traga experiência única e deliciosa, são outros fatores chaves para que você consiga trazer seu cliente para perto de você, e desta forma você conseguir começar um processo de fidelização.Caso isso aconteça volte ao início do processo todo e tente entender o que você deixou passar e a onde aconteceu o erro.

Leia Mais